• Editado por: Carrocinha Edições

    Autoria: Coletiva

    Tipo: Zine

    Formato: 14,8 x 21 cm

    Papel: Sulfite colorido 75mg

    Impressão: Offset preto

    Cor: Rosa, Verde, Amarelo, Azul


    Visando democratizar o seu acesso, você pode ajudar esse projeto contribuindo de três maneiras: com o preço de impressão, o preço de capa e o preço de apoio (que viabiliza novas tiragens)

    publicação independente como plataforma de urgência

    R$ 8,00Preço
    • Por que publicar? Por que circular? Por que organizar uma feira? Por que promover encontros? Essas foram perguntas presentes em diversos momentos da imersão Publicação Independente como Plataforma de Urgência, organizada pela Banca Carrocinha em parceria com a Revista Piseagrama e _tijuana, em junho de 2019. Essas mesmas perguntas também sulearam os 4 guias de instrumentalização presentes nessa publicação, que foi construída por muitas mãos e cabeças que entendem que publicar - pelo ato de reverberar ideias no mundo - é urgente. Sempre foi, agora ainda mais. Os guias presentes nesta publicação são uma tentativa, ainda que inicial, de descentralizar as narrativas e abarcar corpos e vozes que disputam espaço no campo das ideias, dos livros, das artes, das subjetividades. Em breve, todo o material complementar a esta zine estará disponível aqui.

      Este conteúdo foi criado coletivamente por: ‌Anna‌ ‌Thereza‌ ‌de‌ ‌Menezes,‌ ‌Beatriz‌ ‌Carneiro,‌ ‌Bruna‌ ‌Saddy,‌ ‌Carol‌ ‌Incerti,‌ ‌Clara‌ ‌Meliande,‌ ‌Jefferson‌ ‌Barbosa,‌ ‌João‌ ‌Paulo‌ ‌Racy‌ ‌,‌ ‌Julia‌ ‌Aiz,‌ ‌Larissa‌ ‌Vaz,‌ ‌Lorena‌ ‌Germano,‌ ‌Lucas‌ ‌Fontes,‌ ‌Maria‌ ‌Helena‌ ‌Pereira‌ ‌da‌ ‌Silva,‌ ‌Mariana‌ ‌Paraizo,‌ ‌Paula‌ ‌Lobato,‌ ‌Pedro‌ ‌Vidal,‌ ‌Rafaela‌ ‌Miranda,‌ ‌Rodrigo‌ ‌Rosm‌ ‌e‌ ‌Tania‌ ‌Grillo.‌

    • Carrocinha Edições é um selo editorial organizado pela Banca Carrocinha. Desde novembro de 2018, a Banca Carrocinha mergulha em águas desconhecidas, com o imenso desejo de esmiuçar cada atravessamento possível a respeito da publicação independente e seu circuito. Construir um espaço curatorial e de distribuição de publicações nos trouxe uma relação ímpar com o objeto impresso, sobretudo, ocupando desde a nossa abertura, um aparelho municipal de arte e cultura, o Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Ter nascido em um contexto de acirramento político, aprofundamento do desmonte educacional e crescente desvalorização dos livros, aguçou nosso olhar sobre o que desejamos distribuir, como também o que desejaríamos publicar. Aos poucos, conteúdo, formato, financiamento e distribuição se mostraram para nós estruturas indissociáveis e pilares dessa nova empreitada.

      Carrocinha Edições