• Editado por: Ana Luiza Braga & Lior Zisman Zalis 

    Tipo: Pasta arquivo com 13 peças gráficas variadas

    Formato: 31,5 x 23,2 cm

    Impressão: Variada

    Acabamento: Pasta com fechamento em elático

    Cor: Vermelho

    lingoa geral

    R$ 90,00Preço
    • Treze trabalhos, todos disponíveis para livre reprodução, se encontram reunidos em uma pasta, que pode ser ativada tanto como objeto-publicação quanto em arruaços - propostas de desarquivamento dos impressos, disseminação dos trabalhos e intervenção em espaços públicos. Com o propósito de ativar memórias e horizontes insurgentes, quinze artistas, ativistas e investigadorxs foram convidadxs a realizar intervenções sobre documentos e imagens de arquivo, produzindo textos e ensaios visuais. Esta provocação por exercícios de inventário busca questionar discursos e representações que operam como dispositivos de persistência e normalização de violências, assim como reelaborar narrativas desestabilizadoras de tais mecanismos necropolíticos, desdobrando-se em práticas de resistência e invenção de possíveis. 

       

      Participam desta edição: Aline Besouro; Ana Luiza Braga; Bia Martins, Steffania Paola, Jeferson Andrade; Frederico Filippi; Jandir Jr.; Juliana dos Santos; Juliana Streva; Lior Zalis; Maíra das Neves; Marina Camargo; Pollyana Quintella; Renata Sampaio e Thainã de Medeirospúblicos. Este projeto busca cruzar campos disciplinares da pedagogia e do ativismo, da arte e da política e do corpo e da imagem, encontrando espaços de interstício onde seja possível trabalhar a potência do dispositivo arquivista de atualizar memórias de um passado na própria experiência sensível do presente.

    • LINGOA GERAL é uma aposta pela potência político-poética de intervenções sobre arquivos como forma de cartografar as manifestações e atualizações do colonialismo no imaginário e na práxis política no Brasil. Editada por Ana Luiza Braga e Lior Zalis, a publicação busca contribuir para ativar experiências sensíveis que possibilitem novas formas de fazer, sentir e pensar no presente. 

      @lingoageral